quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Um trecho inteiro de viaduto foi substituído na China em apenas 43 horas


Mesmo nos EUA, obras públicas podem demorar a serem realizadas. Num grande projeto para alargamento de rodovias em Los Angeles, a demolição de um único viaduto levou um fim de semana inteiro. Mas este mês, um trecho de um grande viaduto de Pequim foi demolido e totalmente substituído em menos de dois dias. Como?
A ponte Sanyuan é uma das principais artérias em uma das estradas de Pequim, e teria levado até dois meses para substituí-la usando métodos tradicionais, de acordo com a China Radio International.

A demolição do viaduto antigo foi feita mais ou menos através de métodos convencionais, porém o novo viaduto foi trazido em uma unidade pré-fabricada. Temos um piso de concreto com 55,4 m de comprimento e 44,8 m de largura, mais nove vigas de aço – são 1.300 toneladas no total.

Confira o vídeo timelapse de todo o projeto para ver como eles fizeram isso:


A inovação aqui é o uso de peças rodoviárias modulares, algo que engenheiros vêm discutindo há um bom tempo. Esta é a primeira vez que este método de construção é usado em uma via significativa na China.

Nós já vimos edifícios na China serem erguidos em questão de dias, graças a módulos pré-fabricados que basicamente só precisam ser encaixados no canteiro de obras.

No entanto, essa modularidade é mais rara quando se trata de projetos de infraestrutura pública. Em geral, esses projetos estão na fase de conceito: por exemplo, a holandesa VolkerWessels quer fazer protótipos de estradas de plástico, formadas por blocos que se encaixam como Lego.

Felizmente, a China se interessa em métodos mais rápidos para criar e manter sua infraestrutura. Recentemente, vimos uma máquina de 580 toneladas que se move de forma coordenada para erguer uma ponte ou viaduto – ela é feita por uma empresa de Pequim.

Fonte : YouTube